(Português) Um milhão de pessoas assinam petição contra o comércio de carne de cachorro na Coreia do Sul

ORIGINAL LANGUAGES, 27 Aug 2018

Bárbara Alcântara - ANDA Agência de Notícias de Direitos Animais

Ativistas pelos direitos animais em Seul entregaram pessoalmente a petição, assinada por pessoas em todo o mundo, na residência do Presidente Moon Jae-in.

21 ago 2018 – O Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, foi instado a acabar com o brutal comércio de carne de cachorro em seu país. Ativistas de diferentes organizações, como a Humane Society International (Coreia), Coreia Animal Rights Advocates (KARA, da sigla em inglês), se uniram e começaram uma petição no site Care2, que foi assinada por cerca de um milhão de pessoas ao redor do globo.

Reprodução | Plant Based News

Eles foram pessoalmente ao palácio do presidente, a Casa Azul, para entregar as assinaturas junto com uma carta pedindo para que tivesse início uma eliminação progressiva das cerca de 17 mil fazendas de carne de cachorro em todo o país. É estimado que 2,5 milhões de cães sejam criados nestes estabelecimentos para consumo humano.

Outros territórios, como Hong Kong, Taiwan, Filipinas, Tailândia e Cingapura já proibiram este comércio. Outros, como o governo da Indonésia, já prometeram seguir o mesmo caminho. O que os ativistas esperam é que essa onda de conscientização chegue à Coreia do Sul também, e eles sigam o rumo trilhado até então.

A esperança surgiu desde que o governo concordou, no dia 10 de agosto deste ano, em retirar uma lei que definia cães e gatos como “gado” no país. Para eles, esse é um primeiro passo, e é por isso que as coisas não devem parar por aí. A HSI e a KARA agora querem ver um plano de ação com cronograma.

Reprodução | Plant Based News

“Nossa petição de quase um milhão de assinaturas reflete o desejo de cidadãos compassivos aqui na Coreia do Sul e em todo o mundo para ver o fim desta cruel indústria de carne de cachorro”, afirmou Nara Kim, gerente de Campanha Dog Meat da Humane Society International (Coreia), em entrevista ao portal Plant Based News.

“Esperamos que o Presidente Moon concorde que é a hora certa para a Coreia do Sul acabar com essa indústria que causa tanto sofrimento animal e é cada vez mais rejeitada pelos cidadãos coreanos. Queremos que a Coreia do Sul se junte ao crescente número de países e territórios da Ásia que consignaram o comércio de carne de cachorro aos livros de história”, ela conclui.

____________________________________________

A imprensa não apenas informa. Ela forma conceitos. Modifica ideias. Influencia decisões. Define valores. Participa das grandes mudanças sociais e políticas trazendo o mundo para o indivíduo pensar, agir e ser. É justamente este o objetivo da ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais: informar para transformar. A ANDA difunde na mídia os valores de uma nova cultura, mais ética, mais justa e preocupada com a defesa e a garantia dos direitos animais. É o primeiro portal jornalístico do mundo voltado exclusivamente a fatos e informações do universo animal. Com profissionalismo, seriedade e coragem, a ANDA abre um importante canal com jornalistas de todas as mídias e coloca em pauta assuntos que até hoje não tiveram o merecido espaço ou foram mal debatidos na imprensa.

Go to Original – anda.jor.br

 

Share this article:


DISCLAIMER: The statements, views and opinions expressed in pieces republished here are solely those of the authors and do not necessarily represent those of TMS. In accordance with title 17 U.S.C. section 107, this material is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes. TMS has no affiliation whatsoever with the originator of this article nor is TMS endorsed or sponsored by the originator. “GO TO ORIGINAL” links are provided as a convenience to our readers and allow for verification of authenticity. However, as originating pages are often updated by their originating host sites, the versions posted may not match the versions our readers view when clicking the “GO TO ORIGINAL” links. This site contains copyrighted material the use of which has not always been specifically authorized by the copyright owner. We are making such material available in our efforts to advance understanding of environmental, political, human rights, economic, democracy, scientific, and social justice issues, etc. We believe this constitutes a ‘fair use’ of any such copyrighted material as provided for in section 107 of the US Copyright Law. In accordance with Title 17 U.S.C. Section 107, the material on this site is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes. For more information go to: http://www.law.cornell.edu/uscode/17/107.shtml. If you wish to use copyrighted material from this site for purposes of your own that go beyond ‘fair use’, you must obtain permission from the copyright owner.


Comments are closed.