(Português) Pombos são rolados como bolas de boliche em concurso no Canadá

ORIGINAL LANGUAGES, 16 Sep 2019

ANDA Agência de Notícias de Direitos Animais – TRANSCEND Media Service

6 set 2019 – Crianças e adultos participam da competição que acontece anualmente em uma feira no Canadá; as aves são jogadas e rolam pelo chão perdendo equilíbrio e caindo na maioria das vezes.

Foto: Faceebook/Reprodução

Um vídeo que foi compartilhado nas redes sociais mostra um concurso onde pombos são usados como bolas, causou revolta entre os usuários da internet. O evento é chamado de “pigeon rolling” e acontece anualmente no Canadá.

Os participantes da Harrow Fair (Feira de Harrow), que ocorre na província canadense de Ontário, são convidados a colocar um pombo no chão, a pessoa que jogar o pássaro mais longe é declarada a vencedora.

O jogo é semelhante a um outro chamado de “lawns bowls”, onde o objetivo é “rolar” bolas previamente selecionadas para que elas parem o mais perto possível perto de uma outra bola menor, só que no jogo filmado, são usadas criaturas vivas no lugar de bolas.

Ativistas pelos direitos animais saíram em defesa das aves depois que as imagens do evento foram compartilhadas no Facebook.

Pigeons used 'as bowling balls' in county fair competition

Footage of a pigeon rolling competition at a county fair has divided the net. While some think it's inhumane, organisers said it simply demonstrated the “nature of that bird.”

Gepostet von Yahoo News Australia am Mittwoch, 4. September 2019

“Eu achei aquilo absolutamente horrível”, disse Jo Blum, responsável pela gravação do vídeo. “Desrespeito flagrante e crueldade contra os animais”.

Ela disse à rede CBC do Canadá: “Entendo que é uma tradição local e que é uma atração que traz pessoas à Harrow Fair. No entanto, as tradições estão desatualizadas – e esta é absolutamente cruel”.

Os organizadores defenderam o concurso dizendo que os pássaros eram uma “espécie única” que evoluiu para “rolar” em vez de voar – e a competição estava apenas mostrando o que eles “faziam naturalmente”.

Blum, que é natural de Windsor, na Inglaterra, disse que os participantes “estavam recolhendo o braço para poder jogar o pombo com toda força”.

Ela acrescentou: “Se você prestar atenção ao meu vídeo, pode ver que eles estão usando força para rolar os pombos o máximo possível. Não é quem tem o melhor pássaro que rola mais longe; é aquele que é capaz de jogar o pombo o mais longe possível”.

“Esses pássaros definitivamente não nasceram para serem rolados como bolas e jogados por crianças.”

Apesar dos protestos, os organizadores da feira, que acontece há 155 anos, não mostraram arrependimento segundo o Independent.

A secretária Peggy Anger disse: “O pássaro pousa e faz sua queda natural. O próprio pombo se equilibra sozinho. Eles não são maltratados. Eles não são empurrados, simplesmente são colocados no chão. Essas acusações estão fora do contexto, o que acontece com frequência e certamente não é justo de ser dito. Nossos animais são bem cuidados. Nossos animais são alimentados. Em nenhum momento eles correm o risco de serem prejudicados”.

Infelizmente a visão de Anger apenas demonstra a naturalidade com que os abusos praticados contra os animais são encarados por aqueles que os praticam, como se fosse normal usar pássaros como bolas, desde que bem alimentados e cuidados anteriormente.

A representante da feira disse ainda seria tomada uma decisão em relação a continuidade dos concursos no próximo ano, mas que as críticas foram “um tapa na cara de todas as pessoas que gastaram inúmeras horas para reunir a comunidade”.

Para estes pássaros infelizmente, a agressão foi bem maior que uma crítica virtual, empurrados, rolados e explorados como se fossem bolas, as aves são obrigadas a se submeter aos maus-tratos para entretenimento humano.

____________________________________________

A imprensa não apenas informa. Ela forma conceitos. Modifica ideias. Influencia decisões. Define valores. Participa das grandes mudanças sociais e políticas trazendo o mundo para o indivíduo pensar, agir e ser. É justamente este o objetivo da ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais: informar para transformar. A ANDA difunde na mídia os valores de uma nova cultura, mais ética, mais justa e preocupada com a defesa e a garantia dos direitos animais. É o primeiro portal jornalístico do mundo voltado exclusivamente a fatos e informações do universo animal. Com profissionalismo, seriedade e coragem, a ANDA abre um importante canal com jornalistas de todas as mídias e coloca em pauta assuntos que até hoje não tiveram o merecido espaço ou foram mal debatidos na imprensa.

Go to Original – anda.jor.br


Tags: , , ,

 

Share this article:


DISCLAIMER: The statements, views and opinions expressed in pieces republished here are solely those of the authors and do not necessarily represent those of TMS. In accordance with title 17 U.S.C. section 107, this material is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes. TMS has no affiliation whatsoever with the originator of this article nor is TMS endorsed or sponsored by the originator. “GO TO ORIGINAL” links are provided as a convenience to our readers and allow for verification of authenticity. However, as originating pages are often updated by their originating host sites, the versions posted may not match the versions our readers view when clicking the “GO TO ORIGINAL” links. This site contains copyrighted material the use of which has not always been specifically authorized by the copyright owner. We are making such material available in our efforts to advance understanding of environmental, political, human rights, economic, democracy, scientific, and social justice issues, etc. We believe this constitutes a ‘fair use’ of any such copyrighted material as provided for in section 107 of the US Copyright Law. In accordance with Title 17 U.S.C. Section 107, the material on this site is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes. For more information go to: http://www.law.cornell.edu/uscode/17/107.shtml. If you wish to use copyrighted material from this site for purposes of your own that go beyond ‘fair use’, you must obtain permission from the copyright owner.


There are no comments so far.

Join the discussion!

We welcome debate and dissent, but personal — ad hominem — attacks (on authors, other users or any individual), abuse and defamatory language will not be tolerated. Nor will we tolerate attempts to deliberately disrupt discussions. We aim to maintain an inviting space to focus on intelligent interactions and debates.

*

code

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.