(Português) Cães são explorados como meios de transporte para entreter turistas na China

ORIGINAL LANGUAGES, 5 Jun 2017

ANDA Agência de Notícias de Direitos Animais – TRANSCEND Media Service

Uma nova crueldade contra animais tem se disseminado na China.

31 maio 2017 – Não é raro encontrar pequenos riquixás sendo puxados por cães que são explorados como cavalos no país asiático. Esta prática, entretanto, é extremamente perigosa para os animais que podem ter graves problemas físicos e psicológicos.

“Quando eles [os motoristas] puxam as rédeas, isso irá colocar pressão sobre o rosto deles [cães]. Só posso imaginar que há diversos erros e colisões em todos os lugares. Felizmente, não descobriram como colocar um pedaço de metal na boca, como com um cavalo”, disse Michele Brown, fundadora da associação Fight Dog Meat, que luta para acabar com o comércio da carne de cachorro na Ásia.

Foto: Fight Dog Meat

Além do traje desconfortável que os cães têm que usar, eles também são forçados a puxar os pesados riquixás a que são presos. Às vezes, os pobres animais têm que transportar várias pessoas ao mesmo tempo, de acordo com o The Holidog Times.

Conforme Brown ressalta, os animais não recebem qualquer ajuda de seus exploradores: eles estão desnutridos e mal cuidados.

Quando caem de exaustão, aumentam as chances de serem enviados para matadouros onde são assassinados por suas carnes.

Não existem leis que protejam os animais da crueldade na China e é extremamente difícil acabar com torturas como essa.

Foto: Fight Dog Meat

Porém, apesar da ausência de proteções, cada vez mais chineses têm protestado contra o tratamento desumano reservado para os numerosos cães e gatos no país. O número de animais domésticos também tem aumentado.

“Quando as pessoas cuidam de animais domésticos e são educadas sobre serem tutoras responsáveis, são muito menos propensas a querer consumir esse animal. Por isso, é uma esperança para todos os que trabalham para proteger esses animais”, apontou Brown.

Na China, assim como na Coreia do Sul, o consumo de carne de cachorro possui uma clara divisão geracional entre jovens e idosos.

Foto: Fight Dog Meat

Segundo uma pesquisa realizada em 2015 pela Gallup Coreia, 20% dos homens coreanos com pouco mais de 20 anos afirmou ter consumido carne de cachorro em 2016 em comparação com 50% dos homens entre 50 e 60 anos.

Para as gerações mais jovens, influenciadas pela cultura ocidental, cães e gatos são conhecidos como animais domésticos. É provável que a indústria da carne de cães tenha um rápido declínio na próxima década na Coreia do Sul, da mesma forma que tem ocorrido na China.

Go to Original – anda.jor.br

 

Share this article:


DISCLAIMER: The statements, views and opinions expressed in pieces republished here are solely those of the authors and do not necessarily represent those of TMS. In accordance with title 17 U.S.C. section 107, this material is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes. TMS has no affiliation whatsoever with the originator of this article nor is TMS endorsed or sponsored by the originator. “GO TO ORIGINAL” links are provided as a convenience to our readers and allow for verification of authenticity. However, as originating pages are often updated by their originating host sites, the versions posted may not match the versions our readers view when clicking the “GO TO ORIGINAL” links. This site contains copyrighted material the use of which has not always been specifically authorized by the copyright owner. We are making such material available in our efforts to advance understanding of environmental, political, human rights, economic, democracy, scientific, and social justice issues, etc. We believe this constitutes a ‘fair use’ of any such copyrighted material as provided for in section 107 of the US Copyright Law. In accordance with Title 17 U.S.C. Section 107, the material on this site is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes. For more information go to: http://www.law.cornell.edu/uscode/17/107.shtml. If you wish to use copyrighted material from this site for purposes of your own that go beyond ‘fair use’, you must obtain permission from the copyright owner.


Comments are closed.