(Português) Os zoológicos e sua realidade invisível

IN ORIGINAL LANGUAGES, 19 Mar 2018

Gabriel Bitencourt - ANDA Agência de Notícias de Direitos Animais

Divulgação

6 mar 2018 – Recentemente, divulguei o teor de um áudio que havia recebido e que foi gravado no interior do zoológico de Sorocaba.

Nele, um dos funcionários contava, e defendia seu ponto de vista, que “dava caldos” – rápidos afogamentos – em macacos para que eles não fugissem da ilhota em que habitam.

Muita gente se revoltou, mesmo entre os que acham os zoológicos uma diversão saudável.

Hoje, recebi um vídeo que corrobora para uma suspeita de muitos: vários tipos de animais vivos são dados como comida para aqueles que se encontram enjaulados no zoológico. O vídeo em questão mostra um pato que foi jogado vivo na jaula de um felino.

Choca ver uma ave indefesa, sem qualquer perspectiva de fuga sendo abatida pelo felino.

É diferente da situação natural onde a presa pode se safar e quando isso não ocorre é por conta da ordem natural dos eventos ecológicos que se sucedem no interior da cadeia alimentar.

Aliás, os relatos que eu recebi ao longo de muito tempo sobre esse procedimento sempre me fizeram desaconselhar as pessoas que, por um ou outro motivo, queriam levar um animal resgatado, são ou ferido, para o zoológico com o objetivo de vê-lo recuperado e reintegrado ao seu ambiente.

Estes fatos e outros ainda carentes de apuração escancaram parte dos motivos pelos quais há cada vez mais pessoas se colocando contra os zoológicos.
Mas, a questão de fundo que fica para aqueles que acham os zoológicos legais é a seguinte:

Dar alimentação viva para certos tipos de animais é autorizado pelo Ibama e feito pelos zoológicos. Claro, que a forma e os procedimentos técnicos devem variar;

Deixar um Chimpanzé (que vive em grupos) sozinho em um recinto também não é considerado ilegal;

Manter em pequenos recintos um felino ou um grande hipopótamo que precisa de vastas áreas para viver é uma realidade dos zoos e, igualmente, dentro das normas legais.

O que é necessário entender é que estas coisas acontecem porque os zoológicos são assim. Pode haver excessos, mas, em essência, assim são eles.

A conclusão que quero que você chegue é a seguinte: se você não gosta de nenhum desses procedimentos, você também é contra os zoológicos porque esta é a face invisível ou, ao menos, pouco percebida daquilo que eles, verdadeiramente, são.

_______________________________________________

A imprensa não apenas informa. Ela forma conceitos. Modifica ideias. Influencia decisões. Define valores. Participa das grandes mudanças sociais e políticas trazendo o mundo para o indivíduo pensar, agir e ser. É justamente este o objetivo da ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais: informar para transformar. A ANDA difunde na mídia os valores de uma nova cultura, mais ética, mais justa e preocupada com a defesa e a garantia dos direitos animais. É o primeiro portal jornalístico do mundo voltado exclusivamente a fatos e informações do universo animal. Com profissionalismo, seriedade e coragem, a ANDA abre um importante canal com jornalistas de todas as mídias e coloca em pauta assuntos que até hoje não tiveram o merecido espaço ou foram mal debatidos na imprensa.

Go to Original –anda.jor.br

 

Share this article:


DISCLAIMER: In accordance with title 17 U.S.C. section 107, this material is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes. TMS has no affiliation whatsoever with the originator of this article nor is TMS endorsed or sponsored by the originator. “GO TO ORIGINAL” links are provided as a convenience to our readers and allow for verification of authenticity. However, as originating pages are often updated by their originating host sites, the versions posted may not match the versions our readers view when clicking the “GO TO ORIGINAL” links. This site contains copyrighted material the use of which has not always been specifically authorized by the copyright owner. We are making such material available in our efforts to advance understanding of environmental, political, human rights, economic, democracy, scientific, and social justice issues, etc. We believe this constitutes a ‘fair use’ of any such copyrighted material as provided for in section 107 of the US Copyright Law. In accordance with Title 17 U.S.C. Section 107, the material on this site is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes. For more information go to: http://www.law.cornell.edu/uscode/17/107.shtml. If you wish to use copyrighted material from this site for purposes of your own that go beyond ‘fair use’, you must obtain permission from the copyright owner.


Comments are closed.