(Português) Filmagem denuncia bezerros criados em pequenas gaiolas e cobertos de fezes

ORIGINAL LANGUAGES, 15 Oct 2018

Julia Cortezia - ANDA Agência de Notícias de Direitos Animais

Por trás da indústria de laticínios: filmagens de fazenda da Califórnia mostram como animais estão sendo criados no local – condições desumanas

Drones mostraram milhares de minúsculos caixotes na fazenda da Califórnia.
(Foto: Direct Action Everywhere)

10 out 2018 – Na Califórnia, ativistas da Direct Action Everywhere filmaram uma fazenda e descobriram as péssimas condições em que seus animais se encontram.

O local filmado foi a fazenda Vale Central da Califórnia, a leste de São Francisco, nos Estados Unidos. Os ativistas já haviam visto milhares de caixotes minúsculos no local em imagens obtidas por meio de drones.

Entretanto, o que encontraram foi além do esperado. Centenas de bezerros Holsteins e Jersey – raças comumente usadas para a produção de laticínios – estavam amontoados em barracas minúsculas, incapazes de se virar, no meio à sujeira.

“Os animais estavam cobertos de suas próprias fezes e o cheiro era indescritível”, disse Julianne Perry, líder da ação.

Grupo ativista de animais mostraram imagens de bezerros mantidos em condições horríveis.
(Foto: Direct Action Everywhere)

As filmagens mostraram bezerros doentes, moribundos e mortos perto dos animais vivos. De acordo com Perry, a barraca de cada bezerro tinha ripas no chão para o estrume cair. Mas muitas vezes, as fezes não eram retiradas.

“Toda vez que precisavam se deitar, eles se deitavam no seu próprio lixo”, disse Perry. “Eles fazem xixi, cocô, comem e dormem em um pequeno espaço”.

O grupo descobriu que a fazenda tinha 4 mil cabanas, cada uma com três estábulos, que mediam seis pés e meio por dois pés, mais ou menos do tamanho de uma grande banheira.

Watch: Gruesome Footage Shows Dairy Calves Covered in Feces and Kept in Stalls

Estratégia

A DxE retirou um bezerro doente da fazenda, que eles chamaram de Nick. Ele foi levado ao veterinário, que o diagnosticou com pneumonia, uma das principais causas de morte de bezerros.

O animal também foi diagnosticado com um sistema imunológico severamente enfraquecido, como resultado de nunca ter recebido colostro, um tipo de leite que mamíferos recebem de sua primeira alimentação de suas mães.

“Isso significa que ele foi levado no dia em que nasceu”, disse o fundador da DxE, Wayne Hsiung. Ele acrescentou que o bezerro se esforçou para andar e sugeriu que o momento em que foi levado para fora do caixote foi a primeira vez que ele andou.

Os animais ficavam em recintos pequenos, ao lado de outros bezerros mortos.
(Foto: Direct Action Everywhere)

A Direct Action Everywhere fez as filmagens em 2016 e decidiu lançar o vídeo agora, quase dois anos depois de ser filmado, devido à uma decisão. A Prop 2, um referendo de Padrões para Confinamento de Animais de Fazenda, será votado na Califórnia.

A Prop 2 será um conjunto de medidas diretrizes mais definitivas, em vez de simplesmente evitar práticas “cruéis”, e pode proibir qualquer produto de galinhas confinadas, porcas ou bezerros para ser vendido na Califórnia depois de 2020, mesmo se produzido fora do estado ou no exterior.

____________________________________________

A imprensa não apenas informa. Ela forma conceitos. Modifica ideias. Influencia decisões. Define valores. Participa das grandes mudanças sociais e políticas trazendo o mundo para o indivíduo pensar, agir e ser. É justamente este o objetivo da ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais: informar para transformar. A ANDA difunde na mídia os valores de uma nova cultura, mais ética, mais justa e preocupada com a defesa e a garantia dos direitos animais. É o primeiro portal jornalístico do mundo voltado exclusivamente a fatos e informações do universo animal. Com profissionalismo, seriedade e coragem, a ANDA abre um importante canal com jornalistas de todas as mídias e coloca em pauta assuntos que até hoje não tiveram o merecido espaço ou foram mal debatidos na imprensa.

Go to Original – anda.jor.br

 

Share this article:


DISCLAIMER: The statements, views and opinions expressed in pieces republished here are solely those of the authors and do not necessarily represent those of TMS. In accordance with title 17 U.S.C. section 107, this material is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes. TMS has no affiliation whatsoever with the originator of this article nor is TMS endorsed or sponsored by the originator. “GO TO ORIGINAL” links are provided as a convenience to our readers and allow for verification of authenticity. However, as originating pages are often updated by their originating host sites, the versions posted may not match the versions our readers view when clicking the “GO TO ORIGINAL” links. This site contains copyrighted material the use of which has not always been specifically authorized by the copyright owner. We are making such material available in our efforts to advance understanding of environmental, political, human rights, economic, democracy, scientific, and social justice issues, etc. We believe this constitutes a ‘fair use’ of any such copyrighted material as provided for in section 107 of the US Copyright Law. In accordance with Title 17 U.S.C. Section 107, the material on this site is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes. For more information go to: http://www.law.cornell.edu/uscode/17/107.shtml. If you wish to use copyrighted material from this site for purposes of your own that go beyond ‘fair use’, you must obtain permission from the copyright owner.


Comments are closed.