(Português) ONU: Mudanças climáticas podem ser ainda piores para o mundo

ORIGINAL LANGUAGES, 27 Jan 2020

David Arioch | Vegazeta – TRANSCEND Media Service

“O mundo está “condenado” diante das mudanças climáticas, a menos que os principais países industrializados reduzam suas emissões de gases de efeito estufa”.

ONU defende que “os grandes emissores” de carbono ainda precisam agir.
 (Foto: Yale Climate Connections)

24 jan 2020 – “O mundo está ‘condenado’ diante das mudanças climáticas, a menos que os principais países industrializados reduzam suas emissões de gases de efeito estufa”, disse ontem (23) o secretário-geral da ONU, António Guterres, a líderes empresariais no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça.

O chefe da ONU observou que, enquanto muitos países em desenvolvimento e a União Europeia se comprometeram a alcançar a neutralidade do carbono até 2050, “os grandes emissores” ainda precisam agir.

Se os grandes emissores não concordarem com o princípio de alcançar a neutralidade do carbono até 2050,

“estaremos condenados porque eles representam uma parcela muito importante”, disse o chefe da ONU. “O G20 representa 80% das emissões que contribuem para a mudança climática.”

Guterres disse que os governos podem tomar medidas para ajudar a mover o mundo em direção a um futuro mais verde, como cortar subsídios para combustíveis fósseis.

“Como contribuinte, não posso realmente aceitar a ideia de que meus impostos sejam usados ​​para aumentar furacões, branquear corais ou derreter geleiras”, afirmou.

Para o secretário-geral da ONU, a mudança climática é a questão definidora de nosso tempo, representando uma “ameaça existencial” para todo o planeta e ameaçando o desenvolvimento.

Guterres disse estar encorajado pelo compromisso do setor privado com o meio ambiente, como evidenciado pelo aumento do número de instituições financeiras e gestores de ativos que tornaram a neutralidade de carbono uma prioridade em seus investimentos.

Da mesma forma, cidades, eleitores e jovens têm se mobilizado para a ação.

“Espero que seja possível mobilizar tanto o setor privado como as autoridades públicas para tomar decisões transformadoras na maneira como produzimos nossos alimentos, alimentamos nossa economia, nos movemos, apoiamos a indústria e planejamos nossas cidades — as mudanças transformadoras que são necessárias para atingirmos os objetivos que a comunidade científica nos diz serem absolutamente essenciais”, afirmou.

_____________________________________________

 

David Arioch é jornalista profissional, historiador e especialista em jornalismo cultural, histórico e literário.

 

Go to Original – vegazeta.com.br


Tags: , , , , , ,

 

Share this article:


DISCLAIMER: The statements, views and opinions expressed in pieces republished here are solely those of the authors and do not necessarily represent those of TMS. In accordance with title 17 U.S.C. section 107, this material is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes. TMS has no affiliation whatsoever with the originator of this article nor is TMS endorsed or sponsored by the originator. “GO TO ORIGINAL” links are provided as a convenience to our readers and allow for verification of authenticity. However, as originating pages are often updated by their originating host sites, the versions posted may not match the versions our readers view when clicking the “GO TO ORIGINAL” links. This site contains copyrighted material the use of which has not always been specifically authorized by the copyright owner. We are making such material available in our efforts to advance understanding of environmental, political, human rights, economic, democracy, scientific, and social justice issues, etc. We believe this constitutes a ‘fair use’ of any such copyrighted material as provided for in section 107 of the US Copyright Law. In accordance with Title 17 U.S.C. Section 107, the material on this site is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes. For more information go to: http://www.law.cornell.edu/uscode/17/107.shtml. If you wish to use copyrighted material from this site for purposes of your own that go beyond ‘fair use’, you must obtain permission from the copyright owner.


There are no comments so far.

Join the discussion!

We welcome debate and dissent, but personal — ad hominem — attacks (on authors, other users or any individual), abuse and defamatory language will not be tolerated. Nor will we tolerate attempts to deliberately disrupt discussions. We aim to maintain an inviting space to focus on intelligent interactions and debates.

*

code

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.