(Português) Curta-metragem mostra como a Nike financia matança de cangurus

ORIGINAL LANGUAGES, 8 Feb 2021

David Arioch | Vegazeta – TRANSCEND Media Service

“Quero expor a verdade sangrenta que está sendo escondida de consumidores bem-intencionados”, diz Gavin Polone.

Chuteiras da Nike têm sido produzidas com couro de canguru.
(Imagens: Nike Profit; Kangaroo Die)

6 fev 2021 – Lançado na quinta-feira (4 fev), o curta-metragem “Nike profits. Kangaroos die.” mostra em menos de um minuto como a Nike tem financiado a matança de cangurus na Austrália. A produção é de Gavin Polone e a direção é de Derek Ambrosi.

Usando a sequência reversa, o curta começa com um jogador chutando uma bola para o gol. A partir daí, o espectador é informado sobre o que acontece antes daquele produto chegar ao consumidor. Ou seja, cangurus são mortos e seus couros são arrancados para a produção de chuteiras da Nike.

De acordo com o Center for a Humane Economy, parceiro na produção e promoção do curta, o mercado de chuteiras de couro de canguru está no centro de uma matança de animais silvestres. A estimativa é de dois milhões de mortos por ano em benefício dessa indústria.

“Quero expor a verdade sangrenta que está sendo escondida de consumidores bem-intencionados, que podem não ter ideia de como seus sapatos de ‘couro K’ estão sendo feitos. A Nike não pode mais esconder sua responsabilidade por essa atrocidade”, diz o produtor Gavin Polone.

Ao final, fazendo jus ao título, o curta reforça que enquanto a Nike lucra os cangurus morrem.

Massacre de cangurus em andamento

A campanha contra o abate de cangurus, e que deu origem ao vídeo, surgiu depois que grandes incêndios florestais queimaram ou deslocaram três bilhões de animais na Austrália, incluindo milhões de cangurus.

De acordo com o Center for a Humane Economy, muitas pessoas doaram para ajudar os coalas e cangurus, mas a maioria não percebeu que havia um massacre comercial de cangurus em andamento.

“Usando rifles com miras de visão noturna, pistoleiros matam famílias inteiras de cangurus na calada da noite para que possam vender o couro para a empresa de calçados esportivos mais conhecida do mundo”, declara o presidente do Center for a Humane Economy, Wayne Pacelle.

Para pressionar a Nike a desistir de usar couro de canguru, a organização criou uma petição. Clique aqui para participar.

_____________________________________________

 

David Arioch é jornalista profissional, historiador e especialista em jornalismo cultural, histórico e literário.

 

Go to Original – vegazeta.com.br


Tags: , , , , ,

 

Share this article:


DISCLAIMER: The statements, views and opinions expressed in pieces republished here are solely those of the authors and do not necessarily represent those of TMS. In accordance with title 17 U.S.C. section 107, this material is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes. TMS has no affiliation whatsoever with the originator of this article nor is TMS endorsed or sponsored by the originator. “GO TO ORIGINAL” links are provided as a convenience to our readers and allow for verification of authenticity. However, as originating pages are often updated by their originating host sites, the versions posted may not match the versions our readers view when clicking the “GO TO ORIGINAL” links. This site contains copyrighted material the use of which has not always been specifically authorized by the copyright owner. We are making such material available in our efforts to advance understanding of environmental, political, human rights, economic, democracy, scientific, and social justice issues, etc. We believe this constitutes a ‘fair use’ of any such copyrighted material as provided for in section 107 of the US Copyright Law. In accordance with Title 17 U.S.C. Section 107, the material on this site is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes. For more information go to: http://www.law.cornell.edu/uscode/17/107.shtml. If you wish to use copyrighted material from this site for purposes of your own that go beyond ‘fair use’, you must obtain permission from the copyright owner.


Comments are closed.